3925-1000 | 5566-1000 | 2601-1000

Construção de Fossas

A construção de uma fossa séptica deve ser realizada com os mesmos cuidados de planejamento do projeto de engenharia empregados para o restante da obra.

A construção da Fossa

Em primeiro lugar deve-se prever a localização da fossa séptica e sua distância em relação ao prédio ou construção principal. Se a fossa estiver muito próxima da residência, por exemplo, poderá ser causa de mau cheiro, causando aborrecimentos desnecessários. Porém, quanto maior a distância mais necessidades de tubulações, que se forem muito longas acabam por necessitar a construção de fossas mais profundas e assim encarecem a obra. Ainda é bom evitar curvas na canalização entre a fossa séptica e a residência, facilitando a instalação e conservação e reduzindo custos.

Tendo em vista todas estas considerações apresentadas, o recomendável é construir fossas sépticas distantes cerca de 4 (quatro) metros da residência, e localizadas o mais próximo possível dos banheiros.  Para evitar que a fossa séptica se torne fonte de contaminação em eventualidades como enchentes, transbordamentos e vazamentos, por mais raras que possam ser estas ocorrências, o ideal é que as fossas sépticas sejam construídas em um rebaixamento do terreno. Ainda, fossas sépticas devem ficar distantes pelo menos trinta (30) metros de poços de água, cisternas ou fontes diversas.

Para o cálculo do tamanho da fossa séptica, deve ser levado em conta o número de moradores ou eventuais usuários das instalações sanitárias da construção. Uma pessoa pode utilizar, em média, cerca de 200 (duzentos) litros de água em um dia. Não é indicado construir fossas sépticas com menos de 1000 (mil) litros de capacidade.

Segundo normas publicadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas-ABNL devem ser seguidos parâmetros específicos na construção de fossas sépticas. Ainda na fase de projeto, deve-se levar em consideração que as fossas sépticas podem ser construídas sob medida juntamente com a construção ou serem adquiridas pré-fabricadas. 

Fossas sépticas pré-construídas

Compradas prontas, as fossas sépticas pré-moldadas são cilindros com altura de 1,1 de e diâmetro de 1,1 metros. Quando houver necessidade de aumentar o volume, o cálculo deve prever a altura maior que o dobro do diâmetro, de acordo com as instruções divulgadas pelo fabricante.

Entre as fossas sépticas encontradas prontas no mercado e que têm formato cilíndrico, existem as inteiriças e as que são formadas por diversos anéis que se encaixam. Neste caso, é ainda mais importante que a altura da fossa séptica não seja maior do que duas vezes o raio. Também nas fossas sépticas de anéis sobrepostos é essencial que o fundo seja forrado por concreto magro recebendo ainda laje de concreto armado com espessura de 7 cm.

O sistema de tubos entre a fossa séptica e a caixa de inspeção deve ter um nível rebaixado em relação ao solo, evitando vazamentos.

Fossas sépticas sob medida

Quando confeccionadas junto à obra, sob medida, as fossas sépticas podem ser retangulares ou circulares. Após escavar um buraco de tamanho apropriado no terreno, este tem o fundo compactado, nivelado e forrado de concreto. Depois destes passos, a fossa séptica deve ser colocada e enterrada neste buraco.

Em seguida, é feita uma laje, de seis centímetros de espessura, emparedada por tijolos maciços, tijolos cerâmicos ou por blocos de concreto. Enquanto se constrói a alvenaria, é instalada a tubulação de entrada e de saída da fossa séptica.  

Para construir uma fossa séptica retangular é escavado um buraco com o fundo nivelado, que recebe uma camada compacta e recoberta por concreto magro. As paredes são concretadas e revestidas por argamassa, e o conjunto é tampado por uma laje de concreto armado.

As paredes do interior da fossa séptica devem receber placas de concreto. Para baratear e tornar menos complexa a construção das fossas sépticas, podem ser usados blocos e placas de concreto pré-moldados.